Bem vindo ao IPAC!

Há 17 anos realizamos projetos com o objetivo de preservar o meio ambiente e a cultura.

Em que podemos ajudar?

Possuímos expertise nas áreas de meio ambiente, engenharia, educação e tecnologia. Possuímos uma equipe multidisciplinar e qualificada para auxiliar escolar, empresas e instituições em otimizar o máximo o seu desempenho.

Meio Ambiente

Ajudamos a montar estratégias relacionadas ao meio ambiente de forma a preservar os aspectos essenciais da natureza, além de impulsionar as potencialidades de sua empresa.

Cultura

O fomento da cultura local é primordial para o desenvolvimento e o bem estar da sociedade. Nós do IPAC, auxiliamos a promovê-la de forma integrada com os objetivos de médio e longo prazo de sua instituição.

Educação

A educação tem um destaque especial nas estratégias de crescimento das nações. No IPAC, desenvolvemos projetos educacionais com o auxílio do que há de mais novo em tecnologias desruptivas aplicadas à educação.

Nosso Portfólio

Temos um portfólio de serviços pensados exclusivamente na preservação do meio ambiente, da cultura e na obtenção de vantagens competitivas para empresas e instituições.

Depoimentos

Aqui estão algumas mensagens que recebemos sobre o nosso trabalho.

img

Conheci o IPAC através de um amigo, e partir daí realizamos uma parceria com a empresa onde trabalho. Foi muito gratificante contar com uma equipe tão colaborativa e empenhada nos resultados. Acredito que em breve, faremos novos workshops sobre o meio ambiente.

Alice da Silva - Professora Estadual

Últimas notícias

Informações e novidades sobre as áreas em que atuamos.

Projeto Robótica Educacional

O projeto de  Robótica Educacional,  tem por objetivo  estimular o raciocínio lógico, a criatividade e o trabalho em equipe, ensinando as crianças e adolescentes da escola pública municipal a resolver problemas através de projetos.

A Robótica Educacional, ou Robótica Pedagógica, pode ser entendida como o ambiente de aprendizagem no qual o professor ensina ao aluno a montagem, automação e controle de dispositivos mecânicos que podem ser controlados por um computador.

É um ambiente onde o aluno interage com o concreto e com o abstrato para a resolução de problemas propostos. Ela pode ser realizada, através da montagem de robôs, com o enfoque no STEM.

O STEM é um acrônimo em inglês que integra  quatro áreas do conhecimento: Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática (Science, Technology, Engineering, and Mathematics). Um modelo de educação crítico para a preparação de nossos futuros médicos, engenheiros, pesquisadores, cientistas de foguetes, designers, programadores, entre outros.

Através do STEM, é possível realizar atividades que incentivem a aprendizagem interdisciplinar, com foco na aplicação prática do aprendizado. O ensino e a aprendizagem STEM pode contribuir para preparar estudantes de hoje para o mercado de trabalho do amanhã.

As principais características que envolvem projetos STEM e robótica educacional:

  • Aprendizado de habilidades essenciais para o hoje e o seu futuro;
  • Melhoria de resultados em outras disciplinas;
  • Desenvolver outras habilidades, ao apresentar situações que desafiem o raciocínio;
  • Enfrentar situações que exigem tomada de decisões;
  • Planejar atividades, desenvolvê-las e avaliar o resultado final;
  • Promover atividades que gerem a cooperação em trabalhos de grupo;
  • Estimular o crescimento individual através da troca de projetos e ideias;
  • Desenvolver o senso de responsabilidade e despertar a curiosidade deles perante novas ideias;
  • Desenvolver a confiança e autoestima.

Projeto Horto de São José do Norte

O projeto Horto de São José do Norte tem por objetivo a aproximação entre os produtores locais de espécies nativas do bioma e o mercado consumidor final. Esta atividade, baseada nos princípios do comércio justo, poderia reverter em renda para as famílias dos agricultores, além de contribuir para a qualidade de vida da região.

As principais características deste projeto são:

  • Criar mercados sustentáveis para produtos da mata;
  • Impedir o desmatamento remanescente;
  • Induzir a recuperação da floresta local;
  • Valorização os produtos que ela oferece;
  • Aproveitar as riquezas naturais dos maiores remanescentes da Mata Atlântica, localizados no Sul do país;

Nota-se que há mais de 200 produtores familiares  na região, que  poderiam  trabalhar  com frutas nativas e que guardam um saber local sobre as melhores formas de cultivo, receitas tradicionais e forte identidade cultural.  Além da possibilidade, de com poucos resultados ser possível a realização  de festivais gastronômicos em vários municípios próximos, resgatando e promovendo os sabores dos frutos da mata atlântica.